Recanto das Emas: Estudantes levam facadas durante briga em escola

405-Recanto-das-emas.jpg

Centro de Ensino Fundamental (CEF) 405, em São Sebastião — Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Caso aconteceu nesta terça-feira (28), no Centro de Ensino Fundamental 405. De acordo com bombeiros, cortes foram superficiais; Secretaria de Educação diz que direção vai acionar responsáveis pelos envolvidos

http://www.instagram.com/gov_df

Dois estudantes ficaram feridos depois de levarem facadas, na manhã desta terça-feira (28), durante uma briga em uma escola pública do Recanto das Emas, no Distrito Federal.

Durante a confusão no Centro de Ensino Fundamental (CEF) 405, um terceiro aluno atingiu a dupla com uma faca. Segundo o Corpo de Bombeiros do DF, os cortes foram superficiais. Um dos estudantes teve um corte na mão e o outro, nas costas.

a Secretaria de Educação do DF informou que quatro alunos estavam envolvidos na briga e que o Batalhão Escolar foi acionado para prestar apoio. De acordo com a pasta, a direção da escola vai entrar em contato com os responsáveis dos estudantes “para debater o ocorrido e tomar as medidas cabíveis”.

“A Coordenação Regional de Ensino da região tem realizado uma série de ações para estimular a cultura de paz nas unidades e vai intensificar as ações no CEF 405, realizando reuniões com professores, estudantes e comunidade escolar para o combate à violência”, afirma ainda a secretaria.

Violência nas escolas

O caso dos estudantes esfaqueados é o mais recente de uma série de ocorrências de violência nas escolas da capital. Até 7 de abril, a Polícia Civil do DF registrou 581 episódios de violência no ambiente escolar. A média é de 5 casos por dia.

As regiões com maior número de registros são o Plano Piloto, Taguatinga, Ceilândia, Gama, Samambaia e Planaltina.

Veja casos de violência nas escolas públicas do DF, em 2022:

  • 18 de março: Centro de Ensino Médio 3, Ceilândia

Um estudante, de 17 anos, foi esfaqueado na barriga durante uma briga no Centro de Ensino Médio 3, de Ceilândia, no dia 18 de março.

A confusão começou do lado de fora do colégio. Depois de ser esfaqueado, o aluno correu pra dentro da escola e pediu ajuda. Câmeras de segurança registraram a briga. Imagens gravadas pelos colegas mostraram ele no corredor, já no chão (veja vídeo acima).

Policiais militares disseram que a confusão começou porque um dos estudantes “saiu em defesa de meninas que teriam sido tratadas com desrespeito pelo agressor”.

  • 22 de março: CED 01, Paranoá

No Centro Educacional 1 do Paranoá (CED 1), um grupo de estudantes foi flagrado brigando na porta da escola, no dia 22 de março. Nas imagens, feitas por colegas, é possível ver que os alunos trocaram socos (assista acima).

Um adolescente foi espancado, mesmo depois de cair no chão. Três jovens aparecem dando chutes e socos no estudante. A Polícia Militar do DF disse que não foi chamada para a ocorrência.

  • 22 de março: Centro Educacional São Francisco (CED Chicão), São Sebastião

Uma jovem apontou uma arma para a cabeça de uma aluna, durante uma briga em frente ao Centro Educacional São Francisco, o CED Chicão, em São Sebastião, no Distrito Federal. As cenas foram gravadas e publicadas em redes sociais (assista acima).

Os vídeos mostram que as duas envolvidas discutiam, enquanto várias pessoas assistiam. Uma delas abriu a bolsa, puxou uma arma, e apontou para a cabeça da estudante, que recuou. Após alguns segundos, ela voltou a guardar o revólver na bolsa.

  • 22 de março: Centro de Ensino Médio 01, Brazlândia

Dois estudantes foram filmados brigando, na porta do colégio público. Um deles, ao cair no chão, é agredido com murros. Outros alunos separaram a dupla e interromperam a agressão.

  • 23 de março: Centro de Ensino Fundamental do Bosque, São Sebastião
PMDF atende ocorrência no Colégio Fundamental do Bosque, em São Sebastião, no DF — Foto: Reprodução TV

Uma adolescente, de 14 anos, foi esfaqueada no Centro de Ensino Fundamental do Bosque, em São Sebastião. Segundo a Polícia Militar, o agressor é um jovem de 15 anos.

Testemunhas disseram que o suspeito carregava a faca na mochila e que, durante a aula de educação física, atacou a vítima. A adolescente foi atendida pelo Corpo de Bombeiros (CBMDF), e precisou ser levada para o Hospital Regional do Paranoá.

De acordo com a Polícia Militar do DF, o agressor foi encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente I (DCA I), na Asa Norte.

  • 11 de maio: Centro de Ensino Médio 12, Ceilândia

Alunas do Centro de Ensino Médio 12 foram flagradas brigando no pátio do colégio (veja vídeo acima). Durante a confusão, uma outra aluna e uma mulher chegaram e começaram a puxar o cabelo de uma das meninas.

Em nota, a Secretaria de Educação informou que a mulher que aparece no vídeo é avó de uma das meninas. Segundo a pasta, as três alunas envolvidas serão transferidas da instituição de ensino, com o consentimento dos responsáveis.

A secretaria afirma ainda que escola não conseguiu contato com a a avó da estudante que se envolveu na briga.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top