Governo lança novo passaporte e entrega primeira remessa da nova carteira de identidade

Novo-passaporte.jpg

Novo Passaporte - Foto: Reprodução

Novo modelo do passaporte terá tecnologia antifraude, diz governo. Nova identidade terá CPF como número único de identificação

http://www.instagram.com/gov_df

O governo federal lançou nesta segunda-feira (27) um novo modelo de passaporte e entregou a primeira remessa do novo modelo da nova Carteira de Identidade Nacional (CIN). O presidente Jair Bolsonaro participou do lançamento do novo passaporte no Palácio do Planalto e realizou a entrega das primeiras novas carteiras de identidade.

Novo passaporte

Segundo o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a capa do passaporte tem uma nova estilização da bandeira do Brasil. Nas páginas numeradas do novo passaporte, mostrou o ministro, há um aumento dos números de marcas d’água — de uma para 13 ilustrações diferentes, que representam a flora e a fauna dos principais biomas do país.

“Outra novidade do novo modelo são os fundos invisíveis fluorescentes. Antes, apenas o número da página variava sob exposição UV. A nova versão apresenta sete composições diferentes. A página de identificação também foi atualizada, apresentando uma imagem fantasma da foto do cidadão em preto e branco, além de uma imagem da foto formada por dados biométricos do portador. Essas informações são protegidas por um laminado de segurança”, disse Torres.

Segundo o governo, o novo passaporte tem tecnologia antifraude e continuará com validade de dez anos e começará a ser produzido pela Casa da Moeda em setembro, data que marca o bicentenário da Independência do Brasil. O valor cobrado para a confecção do documento continua sendo de R$ 257,25.

Nova identidade

Foto: Reprodução

A nova carteira de identidade foi lançada pelo governo em fevereiro e vai substituir as carteiras de Registro Geral (RG). Com o novo documento, o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) vai servir como identificação única dos cidadãos.

A nova carteira identidade começou a valer em 1º de março deste ano, mas os institutos de identificação em todo o país têm prazo de um ano para implementar a mudança.

Um dos objetivos da nova carteira é unificar a identificação dos brasileiros e evitar fraudes. Atualmente, um mesmo cidadão pode ter até 27 números de RG, um em cada estado e no Distrito Federal.

A troca para o novo documento será gradativa, e a emissão continuará gratuita na primeira via. O RG atual continua válido por até dez anos para quem tem até 60 anos. Para quem tem mais de 60, o prazo é indeterminado.

“A nova identidade vem com um QR Code que pode ser lido de forma rápida por qualquer cidadão, facilitando a identificação e a autenticidade do documento”, disse a Secretaria-Geral.

A validade será de cinco anos para crianças com até 11 anos de idade; dez anos para pessoas com idade de 12 anos completos a 59 anos; e indeterminada para pessoas com idade a partir de 60 anos.

Assim que receber o documento em mãos, o cidadão poderá ter acesso ao o modelo virtual da carteira pelo aplicativo gov.br.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top