Brasil vence a Sérvia de virada e vai à final da Liga das Nações

volei1.jpg

Brasil x Sérvia pela semifinal da LIga das Nações — Foto: FIVB

Seleção começa jogando mal, mas mostra muita garra para ganhar com parciais 14/25, 25/18/ 26/24 e 25/19

http://www.instagram.com/gov_df

“Coisa boa torcer para essas novinhas do Brasil”, disse Fernanda Garay nas redes sociais – e os fãs do vôlei em todo o país. Em meio a uma renovação, a jovem seleção brasileira comandada pelo técnico José Roberto Guimarães bateu a Sérvia por 3 sets a 1, na manhã deste sábado, e está na final da Liga das Nações disputada em Ankara, Turquia. As parciais foram de 14/25, 25/18, 26/24 e 25/19.

O time começou inseguro, sofreu 7 pontos de bloqueios na primeira parcial, e saiu atrás no marcador. Mas nas asas de Kisy (19 pontos) e Julia Bergmann (16), e sob a liderança de Gabi, o time conseguiu a virada nos três sets seguintes. As adversárias na decisão saem do confronto entre Itália e Turquia, que jogam ainda neste sábado. A decisão acontece no domingo, às 12h30, com transmissão do Sportv.

Brasil x Sérvia pela semifinal da LIga das Nações — Foto: FIVB

As sérvias começaram com tudo no bloqueio e fizeram 7 pontos contra apenas um do Brasil. Só Jovana Stevanovic fez 3. Ana Bjelica e Maja Aleksic foram os destaques, com 5 pontos cada, num set em que quase nada deu certo para as brasileiras. Foram 5 pontos em erros contra 3. Kisy foi a maior pontuadora da seleção, com 5.

As brasileiras entraram no jogo no segundo set. Depois de desvantagem de 9 a 7, o time decolou com 6 pontos de Julia Bergmann (5 de ataques). Carol e Kisy marcaram 4 cada uma. O Brasil conseguiu 7 pontos de erros das sérvias e só cedeu 3. Nos bloqueios, 3 a 0 para a seleção.

O set foi dominado pelas sérvias no início (14 a 8), mas as brasileiras correram atrás e encostaram em 14 a 13. Dali em diante, a parcial foi disputada bola a bola. No fim, prevaleceu a eficiência de Julia Bergmann, com 7 pontos de ataque, incluindo a bola decisiva para a vitória no set. Carol fez 6. Do outro lado, Bjelica e Stevanovic anotaram 5 cada.

Brasil x Sérvia pela semifinal da LIga das Nações — Foto: FIVB

Gabi e Kisy foram os nomes do set decisivo. Cada uma colocou 7 bolas no chão, todas em ataques. O Brasil abriu vantagem e não deu chances às rivais. Ana Bjelica, com grande jogo, agregou mais 5 pontos e terminou com 17 – a maior pontuadora da Sérvia. Mas não foi suficiente. O Brasil está na final.

Fonte: GE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top