Águas Claras se destaca em número de calçadas, ciclovias e ciclofaixas

52115848246_8b382e7b48_c.jpg

Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Dados da Pdad 2021 referentes a oito cidades do DF, apresentados nesta quarta (1º), mostram também que 89,6% dos moradores da RA possuem CNH, número acima da média nacional, que é de quase 63%

http://www.instagram.com/gov_df

Águas Claras está entre as regiões administrativas do Distrito Federal com o maior número de calçadas que dão acesso a domicílios – quase 99% das casas –, de ciclovias (pouco mais de 24 km de trecho) e ciclofaixas – quase 8 km de percursos espalhados pelas avenidas Araucárias e Castanheiras.

Essa estrutura facilita muito, por exemplo, o acesso de serviços delivery, como os de comidas e remédios, e oferece segurança para quem depende do veículo sobre duas rodas para circular pela cidade. Caso do jovem Mário Francisco Alves, 25 anos, morador de Ceilândia e repositor de produtos de um grande atacadista localizado na Avenida das Araucárias, em Águas Claras.

“De segunda a sábado, venho de bicicleta de Ceilândia até Águas Claras. Então circulo bastante de bike por aqui”, conta. “Acho importante as ciclofaixas, me deixam mais seguro. A questão é a responsabilidade de cada motorista ao volante”, observa com convicção.

Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Pesquisa Domiciliar 2021

Os números foram revelados na Pesquisa Distrital de Amostragem por Domicílio (Pdad) 2021, apresentados pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), nesta quarta-feira (1º), em evento realizado na Administração Regional do Núcleo Bandeirante.

Os índices fazem parte do terceiro encontro de divulgação de dados por região, que desta vez teve como foco a Unidade de Planejamento Territorial (UPT) Central Adjacente 2. Essa UPT envolve, além de Águas Claras, as cidades de Guará, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo, SCIA-Estrutural, Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Vicente Pires e Arniqueira. Quase 31 mil domicílios participaram do estudo.

“Essa pesquisa realizada pelo GDF, por meio da Codeplan, é importante porque norteia os gestores em relação aos anseios e demandas da população, nos mostra o caminho que a gente deve seguir para atender a comunidade”, destacou o administrador do Núcleo Bandeirante, Cláudio Márcio de Oliveira.

Ainda sobre mobilidade em Águas Claras, a Pdad 2021 mostra que a cidade é, entre as que participaram da pesquisa, a região administrativa com maior número de moradores com posse de Carteira Nacional de Motorista (CNH), 89,6%. Número, diga-se de passagem, acima da média nacional, que é de quase 63%.

Essa realidade faz parte da rotina da servidora Sarah Vasconcelos, 41 anos, que depende do veículo para comprar mantimentos para casa, levar a filha de quase 1 ano ao médico ou pegar o marido na estação do metrô após o expediente. “Ter carro e habilitação para dirigir há muito tempo deixou de ser luxo e virou necessidade”, observa. “A maioria dos prédios por aqui, eu acredito, têm dois carros por apartamento”, avalia.

Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Cães e gatos

Outros dados relevantes da pesquisa revelam que, das oito cidades que fizeram parte dessa fase, Águas Claras também lidera o ranking de pessoas casadas, com 56,4% dos dados. Ao mesmo tempo, o Núcleo Bandeirante apresenta o maior percentual com pessoas morando sozinhas, 25,3%.

O Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) é a RA com o maior número de casais sem filho do grupo, com 30,4%. E também lidera a lista do DF com população economicamente ativa (PEA), representando quase 70% dos casos.

Ainda segundo a pesquisa, 43,8% da população do Guará trabalham no Plano Piloto e número quase idêntico, ou seja, 43,2% de moradores da Estrutural trabalham na própria localidade em que moram.

Com relação aos animais domésticos, o cachorro ainda é a grande preferência dos moradores dessas cidades, sendo que quase 50% de moradores de Vicente Pires têm um ou mais caninos em casa e 18, 5% de gatos estão concentrados nas residências da Estrutural. Em seguida vem o Núcleo Bandeirante, com 14,3% dos números de felinos.

“Depois que fiquei viúva e meus filhos casaram e foram embora, meus gatinhos são minhas únicas companhias”, revela a aposentada Ester Rodrigues Silveira, 73 anos, moradora do Núcleo Bandeirante. “Eles ajudam a preencher o meu tempo, são meus verdadeiros amigos”, garante.

A Pdad é realizada pela Codeplan com periodicidade bianual e tem objetivo de traçar um perfil socioeconômico das 33 RAs. A próxima apresentação de resultados será no dia 8 de junho, em Taguatinga, contemplando a UPT  Oeste, que engloba Brazlândia, Ceilândia, Taguatinga e Sol Nascente/Pôr do Sol.

“Das oito cidades que participam da UPT Central Adjacente 2, Águas Claras é a região administrativa com melhor realidade social, situação que se deve à separação de Arniqueira”, compara Thiago Mendes Rosa, chefe de gabinete da Diretoria de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos da Codeplan. “Uma realidade que vamos ver parecida na semana que vem em relação a Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol”, avalia o técnico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top