Jovem ferida durante tiroteio em quadra de esportes de Santa Maria, está em estado grave

Santa-maria-DF1.jpg

Quadra de esportes onde ocorreu tiroteio em Santa Maria, no DF — Foto: Reprodução TV

Isabella Raissa dos Santos Lima, de 19 anos, levou um tiro na barriga; outras duas pessoas morreram. Segundo testemunhas, três homens fizeram mais de 20 disparos no local onde ocorria uma partida de futsal

http://www.instagram.com/gov_df

É grave o estado de saúde de Isabella Raissa dos Santos Lima, de 19 anos. A jovem foi baleada na barriga durante um tiroteio, na noite de quarta-feira (13), em uma quadra do ginásio poliesportivo de Santa Maria, no Distrito Federal, durante um campeonato de futsal amador.

Raíssa precisou passar por uma cirurgia e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Santa Maria. Outros dois homens, Cleiton da Cruz Araújo, de 33 anos, e Lucas Menezes Carvalho, de 27 anos, morreram na hora.

Segundo testemunhas, três homens encapuzados dispararam mais de 20 tiros. 

Até as 21h dessa quinta-feira (14), ninguém havia sido preso. Na hora dos tiros, Cleiton da Cruz Araújo e Lucas Menezes Carvalho estavam no estacionamento da quadra de esportes.

Um deles morreu no local. O outro chegou a correr até a área interna do ginásio, mas não resistiu aos ferimentos.

Havia, pelo menos, 60 pessoas no evento. O técnico de um dos times de futsal foi atingido, de raspão, na perna, assim como um dos goleiros.

A promotora de vendas, Jane Moura, mora perto da quadra poliesportiva e conta que, de casa, se assustou com os disparos. Ela diz que várias pessoas correram do ginásio e bateram na porta dos moradores para pedir ajuda.

“No momento que começou o jogo, começaram os tiros, mas a gente achou que eram fogos. Os rapazes do ginásio vieram correndo pra pedir abrigo, socorro. E aí a gente perguntou o que estava acontecendo”, diz Jane.

Cleiton da Cruz Araújo e Lucas Meneses Carvalho, mortos a tiros em quadra de esportes em Santa Maria DF — Foto: PCDF/Reprodução

Investigação

O caso é investigado pela 33ª DP, de Santa Maria. A Polícia Civil acredita que o alvo dos atiradores era Cleiton da Cruz, que tinha várias passagens por tráfico de drogas.

O outro homem que morreu, Lucas Menezes, não tinha antecedentes criminais. A família dele disse que Lucas havia ido ao jogo com o filho, de seis anos.

Segundo a delegada Cláudia Alcântara, os atiradores – que até a publicação desta reportagem não tinham sido identificados – chegaram em dois carros. A Polícia Civil busca imagens das câmeras de segurança para entender a dinâmica do crime.

Por causa da tragédia, a administração de Santa Maria suspendeu as atividades no ginásio até o próximo domingo (17).

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top