Estrutural: Suspeito de arrastão morre após ser baleado em perseguição policial

Estrutural-1.jpg

Polícia recupera celulares roubados durante arrastão, no DF — Foto: PCDF/Reprodução

Segundo PM, homem atirou contra policiais, que revidaram. Investigação afirma que ele e comparsa fizeram vários assaltos entre EPTG e Estrutural, na noite de segunda-feira (20)

http://www.instagram.com/gov_df

Um homem morreu, na noite desta segunda-feira (20), após ser baleado durante uma perseguição policial no Distrito Federal. Segundo a corporação, ele é suspeito fazer um arrastão junto com um comparsa, entre a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e a vila 26 de Setembro, perto da Estrutural.

A polícia afirma que a dupla de suspeitos estava em uma moto e praticou vários roubos durante o percurso (veja detalhes abaixo). A PM foi acionada e perseguiu os criminosos. Durante a ação, o homem que pilotava a moto perdeu o controle e caiu.

Um dos criminosos tentou fugir a pé, mas foi capturado pelos policiais. De acordo com a PM, o outro suspeito sacou a arma e disparou contra os militares, que revidaram e o atingiram. A corporação não informou se o homem chegou a ser socorrido ou morreu no local.

Moto usada por suspeitos de fazerem arrastão, no DF — Foto: Reprodução

Segundo a Polícia Civil, duas vítimas assaltadas pela dupla registraram boletim de ocorrência na 8ª Delegacia de Polícia, na Estrutural. Uma delas informou que estava chegando em casa, a pé, quando foi abordada pelos dois homens, em uma moto.

De acordo com os relatos, o homem na garupa estava armado com uma pistola. Ele avançou sobre a vítima e pegou celular, carteira e outros objetos que estavam na mochila.

Por estar com a viseira aberta, a vítima disse que conseguiu ver o rosto do suspeito. Segundo o boletim, ela descobriu, minutos depois, que sua vizinha também tinha sido roubada pela dupla.

Na delegacia, as duas foram informadas que um dos suspeitos já havia sido preso e que o outro morreu durante confronto com a PM.

De acordo com a Polícia Civil, as vítimas reconheceram os objetos encontrados com os indivíduos e o suspeito detido. A arma usada no crime também foi reconhecida.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top