Riacho Fundo: Professora temporária da rede pública é presa por tráfico de drogas

PCDF1.jpg

Polícia apreende maconha, LSD, MDMA e balança de precisão na casa de professora acusada de tráfico de drogas — Foto: PCDF/Reprodução

Policiais foram até a casa da suspeita cumprir mandado de busca e apreensão e encontraram entorpecentes no local. Investigações começaram após docente anunciar venda de LSD na internet

http://www.instagram.com/gov_df

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, na quinta-feira (7), uma mulher, de 33 anos, por tráfico de drogas. Ela é professora temporária da Secretaria de Educação do DF e, segundo a corporação, usava as redes sociais para ensinar receitas de culinária com maconha.

Em um dos vídeos divulgados, a mulher usou uma air fryer para fazer um prato. As investigações foram conduzidas pela 38ª Delegacia de Polícia, em Vicente Pires, e começaram há cerca de um mês, após a mulher anunciar a venda de LSD na internet.

Questionada sobre o caso, a Secretaria de Educação informou que a professora já foi afastada do cargo.

Nesta quinta-feira, os policiais foram até a casa da suspeita, no Riacho Fundo, cumprir um mandado de busca e apreensão. No local, os agentes apreenderam porções de maconha, LSD, MDMA — princípio ativo do ecstasy — e uma balança de precisão.

Após a prisão em flagrante, a mulher foi conduzida à carceragem da Divisão de Controle e Custódia de Presos (DCCP). Se condenada, a professora pode pegar de 5 a 15 anos de prisão.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top