Gama: Pai é preso suspeito de estuprar e manter filha de 29 anos em cárcere privado

gama.jpg

Casa onde pai mantinha filha presa, no DF — Foto: Reprodução

Vítima mora no Peru e veio ao Brasil buscar filho. Caso ocorreu no Gama; mulher conseguiu pedir ajuda ao tentar tirar um documento de identidade em Taguatinga

http://www.instagram.com/gov_df

Um homem foi preso, nesta quarta-feira (6), suspeito de estuprar e manter a filha, de 29 anos, em cárcere privado. O caso ocorreu na região do Gama e é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal.

De acordo com os policiais, a vítima mora no Peru e veio ao Brasil para buscar um dos três filhos que ainda vivem no país. No entanto, ela acabou impedida de ir embora quando foi visitar o pai, na última sexta-feira (1°).

Nesta quarta, a mulher foi com o pai até um posto de atendimento do Na Hora, em Taguatinga, emitir o documento de identidade. No local, ela conseguiu pedir ajuda a uma pessoa, que acionou a polícia.

O suspeito foi preso por volta das 12h, em Taguatinga. Conforme o delegado Wellington Barros, da 14ª Delegacia de Polícia, do Gama, a vítima esteve durante todo o tempo sob ameaça do pai, que não via há 19 anos.

“A vítima conseguiu, de alguma forma, contatar alguém. Essa pessoa acionou a polícia e nós fomos ao local. Ela confirmou os fatos e o autor foi preso”, conta o delegado.

A mulher foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML). Depois, ela deve ser levada a um hospital para fazer exames e o tratamento de profilaxia, que previne infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

A mulher foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML). Depois, ela deve ser levada a um hospital para fazer exames e o tratamento de profilaxia, que previne infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

A Polícia Civil informou ainda que o suspeito tem passagens por crimes como roubo, homicídio, latrocínio, ameaça, manter vítima em cárcere privado e quatro ocorrências no âmbito da Lei Maria da Penha.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top