Vicente Pires: Homem é preso por furto na casa de vizinho

Vicente-pires-1.jpg

Polícia divulgou as imagens dos comparsas para identificação dos demais envolvidos no furto - Foto: PCDF/Divulgação

Crime ocorreu na rua 12 na manhã de quarta-feira (27/7). O mau vizinho abre o portão do condomínio para os comparsas entrarem na casa do idoso

http://www.instagram.com/gov_df

Um homem, 46 anos, foi preso em flagrante após ser acusado de participar de um furto na casa do próprio vizinho, na manhã de quarta-feira (27/7), na rua 12 de Vicente Pires. A ação do suspeito foi gravada pelas câmeras de segurança do condomínio da vítima, um idoso de 68 anos. A prisão faz parte da sexta fase da Operação Mau Vizinho, deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Segundo a investigação policial, o mau vizinho foi ao local do crime no automóvel dos autores e, depois, seguiu em direção à própria residência, que fica no condomínio ao lado de onde a vítima mora. Em seguida, o suspeito abriu o portão do condomínio do idoso para que o veículo dos criminosos entrasse.

Dentro do residencial, os bandidos seguiram para a casa da vítima e arrombaram o portão dos fundos para entrar no lote. Após revirarem toda a casa, os criminosos foram embora levando três aparelhos de televisão.

O delegado-chefe da 38ª Delegacia de Polícia, responsável pela operação, João Ataliba Neto destaca que o mau vizinho abriu novamente o portão do condomínio, permitindo a saída dos comparsas, que fugiram do local.

Depois de registrar a ocorrência, os agentes da 38ªDP analisaram as imagens das câmeras de segurança do condomínio e conseguiram prender o vizinho envolvido no roubo. Ele estava em um churrasquinho em Taguatinga Norte.

O veículo utilizado no crime foi localizado na região do Sol Nascente e apreendido pela polícia. “Pela sua participação no crime cometido, o mau vizinho irá responder pelo crime de furto duplamente qualificado por conta do arrombamento e concurso de pessoas”, ressaltou Ataliba.

A investigação prossegue para identificar os comparsas no crime, além de encontrar os bens subtraídos. Por esse motivo, a 38ª DP divulgou as imagens do circuito de segurança do local para que a comunidade possa denunciar e ou informar sobre o paradeiro dos itens roubados e sobre a identidade dos envolvidos.

Fonte: CB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top