Projeto Brasilidade comemora aniversário de Vicente Pires

fio_navalha_divulgacao2.jpg

Fio navalha - Foto: Divulgação

Iniciativa leva apresentações de capoeira, jongo, samba de roda, Chula, show de cultura popular com coral de cegos e com a cantora Dani Ribeiro para quatro cidades

http://www.instagram.com/gov_df

Para celebrar os 13 anos de Vicente Pires como Região Administrativa, o projeto Brasilidade leva uma programação especial e gratuita neste sábado (28), das 14h às 18h, ao lado da Administração da RA. A ideia é promover um resgate das raízes culturais, a partir de uma série de atividades. No domingo, a tenda cultural itinerante segue para a Praça do Respeito, no Taguapark. Em junho, aterrissa no Guará. 

No último domingo (22), a ação passou por Águas Claras, também comemorando o aniversário da cidade. A programação traz rodas de conversas sobre expressões culturais e apresentações da capoeira regional do projeto Fio da Navalha, que atende gratuitamente crianças e adultos, do Jongo do Cerrado, ritmo que tem suas origens na região africana do Congo-Angola. 

Na sequência, a festa é de samba com representações das variações do recôncavo baiano, com Cid Aroeira, e do samba chula, com o Samba do Formigueiro. O evento é encerrado com apresentação do Coral Harmorial, composto por deficientes visuais, e pelo show da cantora Dani Ribeiro. 

 O projeto Brasilidade, proposto pela cantora brasiliense Dani Ribeiro, é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF, e conta com o apoio da Agenda Cultural Brasília. Cega de nascença, Dani já é um talento já reconhecido no meio do cenário do samba brasiliense. Ela se especializou em explorar as múltiplas expressões e linguagens das tradições populares, musicalizando pontos, cantos, ladainhas e outras vertentes das matrizes africanas. Aprendeu violino e canto popular na escola de música de Brasília, onde também desenvolveu a técnica de musicografia braille. 

Serviço:
Brasilidade
Horário: das 14h às 18h.
Entrada franca
Onde:
Sábado (28) – Vicente Pires – ao lado da Administração Regional Domingo (29) – Praça do Respeito, Taguapark Junho – Casa de Cultura do Guará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top