Home CIDADES Primo da Primeira-Dama pode dobrar aposentadoria por assumir cargo temporariamente

Primo da Primeira-Dama pode dobrar aposentadoria por assumir cargo temporariamente

542
0
Compartilhar
Tenente-coronel Alexandre Spindola Ataídes, chefe interino da Casa Militar do DF — Foto: GDF/Reprodução

Tenente-coronel é parente da primeira-dama do Distrito Federal, e poderá dobrar aposentadoria por assumir chefia de secretaria de forma temporária

Primo da primeira-dama do Distrito Federal e chefe interino da Casa Militar na capital, o tenente-coronel Alexandre Spindola Ataídes poderá se aposentar com um bônus que praticamente dobrará o salário. Isso porque ele vai poder incorporar uma gratificação de chefia à aposentadoria dele.

A Casa Militar do Distrito Federal está sem secretário titular desde 6 de agosto. Por esta razão, desde então, Ataídes – bombeiro de carreira e chefe-adjunto da Casa Militar – responde pelo órgão responsável pela segurança do governador.

Quando ele se aposentar, terá direito ao salário de coronel (R$ 17.271), mas também poderá pleitear um bônus pela chefia que exerce porque o titular ainda não foi nomeado. Assim, a aposentadoria dele poderá subir para R$ 31.701.

A reportagem cobrou respostas da Casa Militar e do governo. Também questionou se a intenção de deixar o lugar vago é para beneficiar o primo da primeira-dama, Mayara Noronha. Até a publicação desta reportagem, não havia resposta.

Ataídes tem cerca de 25 anos de serviço. Como a primeira nomeação dele na Casa Militar é anterior a 2004, ele tem direito de se aposentar incorporando ao salário a maior gratificação que já recebeu ao longo da carreira.

Em 2004, o ex-governador Joaquim Roriz tinha sancionado uma lei revogando a possibilidade de um militar cedido se aposentar com o salário “turbinado” por ter assumido as posições de comandante-geral, subcomandante ou chefe da Casa Militar.

Exoneração

Até 6 de agosto, a Casa Militar era comandada por Marcus Koboldt. Ele foi exonerado junto com a antiga comandante-geral da Polícia Militar, Sheyla Sampaio. O substituto na PM foi nomeado no dia seguinte, o coronel Julian Pontes. Na Casa Militar, porém, o posto está vago desde então.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here