Home CIDADES Operação prende dois suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores...

Operação prende dois suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores do DF

531
0
Compartilhar
Pen drive encontrado com suspeitos de ameaçar juízes — Foto: PCDF/Divulgação

Os suspeitos foram detidos durante operação da PCDF e do MPDFT, no residencial Lake Side, às margens do Lago Paranoá

Uma operação da Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (21), dois homens suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores do Distrito Federal. Os mandados foram cumpridos no residencial Lake Side, condomínio às margens do Lago Paranoá – área nobre de Brasília.

Um dos suspeitos tem 79 anos e foi identificado como Célio Evangelista Ferreira do Nascimento. Ele se apresenta como “Presidente Constituinte da República”. O outro tem 40 anos.

Veja o vídeo das ameaças a Bolsonaro e Ibaneis: “Morte aos demônios”

A força-tarefa atende a uma iniciativa do Ministério Público do DF que havia pedido, nesta quarta-feira (20), a instauração de um inquérito para apuração do crime.

“O Brasil chegou a um ponto onde não é mais possível resolver os problemas através da razão e do bom senso”, destacaram os suspeitos, na mensagem. “Por isso, convocamos a população para matar em legítima defesa de si mesmo e da pátria políticos, juízes, promotores, chefes de gabinetes, assessores, parentes, protetores e demônios de toda sorte (sic)”, assinalaram.

Na casa dos suspeitos, de 40 e 79 anos, os policiais encontraram materiais relacionados às ameaças e cartazes com os dizeres “Comando da Intervenção”.

Cartaz encontrado com suspeitos de ameaçar juízes de morte – Foto: PCDF / Divulgação

Entre os materiais apreendidos, havia também um pendrive com a etiqueta “Matar juízes. Matar todos”.

A Assessoria de Segurança Institucional do MPDFT também participou da operação e apura o recebimento de ameaças nos e-mails institucionais não só de juízes, como autoridades, e promotores de Justiça. Os suspeitos foram presos em flagrante pelo crime de utilização indevida de selo ou sinal verdadeiro em prejuízo de outrem ou em proveito próprio ou alheio. A pena é de dois a seis anos de reclusão, e multa.

Confira a íntegra da mensagem, que chegou por volta das 13h ao e-mail dos juízes:

Foto: Reprodução

Assunto: SENTENÇA DE MORTE AOS TRAIDORES DA PÁTRIA.

Aos políticos, juízes, promotores, mefíticos e vagabundos de toda sorte.

O Brasil chegou a um ponto onde não é mais possível resolver os problemas através da razão e do bom senso.

Por esse motivo, a partir de agora, serão resolvidos através da execução do ESTADO DE SÍTIO, sob comando do exmo. Gen. de Exército Walter Souza Braga Neto.

Por isso, convocamos a população para MATAR EM LEGÍTIMA DEFESA DE SI MESMO E DA PÁTRIA políticos, juízes, promotores, chefes de gabinetes, assessores, parentes, amigos, protetores, e demônios de toda sorte.

MATEM TODOS.

MATEM JUÍZES, MATEM PROMOTORES, MATEM DEPUTADOS, PREFEITOS, VEREADORES, PARENTES, FILHOS, NETOS E AMIGOS.

BASE LEGAL PARA A SENTENÇA DE MORTE

Veja o vídeo das ameaças políticos, juízes, promotores, chefes de gabinetes, assessores

Fonte: G1 //// Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × dois =