Motorista com sinais de embriaguez atropela três ciclistas em Vicente Pires

Vicente-pires1.jpg

Ciclistas foram atropelados em frente ao Residencial Atenas, em Vicente Pires, no DF — Foto: Reprodução TV

Acidente ocorreu na noite de quinta-feira (9). Segundo PM, motorista se recusou a fazer teste do bafômetro e tentou fugir, mas acabou preso

http://www.instagram.com/gov_df

Um motorista, de 44 anos, foi preso após atropelar três ciclistas por volta das 22h de quinta-feira (9), em frente à chácara 129 de Vicente Pires, no Distrito Federal. Segundo a Polícia Militar, o homem se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas apresentava sinais de embriaguez.

Após o atropelamento, o homem fugiu. No entanto, foi perseguido por um motociclista e obrigado a parar.

Entre as vítimas, uma está em estado grave e foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), com suspeita de traumatismo cranioencefálico, inconsciente e instável. As outras duas ciclistas tiveram apenas ferimentos leves.

O estudante Arthur Rodrigues contou que voltava da faculdade quando viu o acidente.

“Assim que olhei para o lado, tinha um carro com a luz apagada e um cachorro. Logo em seguida, o carro foi em direção às três ciclistas e atropelou as três ao mesmo tempo. Depois, ele andou como se nada tivesse acontecido e foi embora”, afirma.

De acordo com Arthur, um motociclista que viu o acidente foi atrás do condutor. “O motorista voltou depois. Aí o motociclista e um motorista pediram pra ele jogar a chave do lado de fora pra não poder fugir”, diz.

As testemunhas chamaram a polícia e o homem foi levado para a 8ª Delegacia de Polícia, no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA).

Carro de motorista que atropelou três ciclistas em Vicente Pires, no DF — Foto: Reprodução TV

Lei Seca

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir sob efeito de álcool é infração gravíssima e gera penalidade de sete pontos na carteira. O motorista ainda tem de pagar multa no valor de R$ 2.934,70.

Se o motorista for flagrado novamente dirigindo embriagado no período de um ano, a multa é dobrada e passa a custar R$ 5.869,40. A habitação é recolhida e o motorista precisa passar novamente pela autoescola para voltar a dirigir

Se o teste do etilômetro (popularmente chamado como teste do bafômetro) confirmar a presença de 0,3 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou mais, o motorista é autuado por crime de embriaguez ao volante.

Caso o motorista provoque acidente de trânsito que resulte na morte de alguém ou lesões corporais graves, a pena vai de cinco a oito anos de prisão. A CNH também pode ser cassada.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top