Home ESPORTE Grêmio vence o Athletico e abre vantagem na semifinal

Grêmio vence o Athletico e abre vantagem na semifinal

66
0
Compartilhar
Foto: Divulgação

Em um duelo de equipes com identidades bem definidas, prevaleceu a frieza de quem está habituado a viver o ambiente de uma decisão e todas as suas nuances para conquistar títulos nas últimas quatro temporadas. Nesta quarta-feira, o Grêmio dominou e venceu o Athletico-PR por 2 a 0 na Arena, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. André e Jean Pyerre marcaram os gols que dão vantagem aos gremistas.

Em sintonia com a torcida, o Grêmio tentou se impor nos primeiros minutos de jogo, com o estilo costumeiro de toques rápidos, aproximação e progressão pelos lados do campo. O Athletico-PR até conseguiu se compactar atrás e fechar espaços com agressividade na marcação… Até a bola cair nos pés de Everton.

Aos 23, o Cebolinha recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de André. O centroavante teve o trabalho de apenas desviar para as redes. Em vantagem, o Tricolor manteve o controle do jogo, com um total de 10 finalizações a gol, para boas defesas de Santos. O Furacão também respondeu: Rony e Cirino levaram perigo em finalizações de dentro da área.

O Athletico-PR até ensaiou uma pressão nos minutos iniciais do segundo tempo, mas em momento algum conseguiu produzir para ameaçar a soberania gremista. O Grêmio logo retomou o domínio da partida para ampliar a vantagem. Aos 26, Jean Pyerre cobrou falta com categoria, rasante no canto esquerdo. Sem chances para Santos.

O 2 a 0 deixou o Tricolor ainda mais à vontade e obrigou o Athletico a sair para o jogo. Sem muito efeito. Rony até levou perigo em arrancadas pelos lados. Mas o Grêmio se aproveitou dos espaços dados pelo rival para ameaçar ainda mais. E perdeu chances claras com Alisson, Everton e Tardelli. No final, ficou barato para os visitantes.

Com a vitória, o Grêmio pode até perder por 1 a 0 no duelo da volta, que garante a vaga na final. O Athletico-PR precisa vencer por três gols de diferença pela vaga.  Uma vitória por dois gols de diferença favorável ao Furacão leva a decisão aos pênaltis – não há critério de gol qualificado. A decisão ocorre no dia 4 de setembro, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Fonte: GE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here