DF está com estoque baixo de leite materno desde outubro de 2021

30.09.2019-Estoque-de-banco-de-leite-materno-esta-baixo-e-governo-faz-campanha-para-aumentar.-Foto-Breno-Esaki-Secretaria-de-Saude.jpg

Foto: Breno Esaki / Secretaria de Saúde

Meta mensal de 1,5 mil litros de leite materno não é alcançada pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal há cinco meses. Saiba como doar na capital federal

http://www.instagram.com/gov_df

O estoque do banco de leite materno do Distrito Federal está com estoque baixo desde outubro do ano passado, quando não é alcançada a meta mensal de 1,5 mil litros. É o que alertou a Secretaria de Saúde do DF (SES), na manhã desta terça-feira (5/4). 

A pasta informa que 300ml de leite materno alimentam até 10 bebês. Atualmente, há cerca de 250 crianças internadas em unidades de terapia intensiva (UTIs) neonatais da rede pública de saúde. O leite pode ficar armazenado em um recipiente no congelador por até uma quinzena.

Normalmente, é recolhido a cada 10 dias, para que a pasteurização seja feita no 15º dia. Crianças que não recebem o leite humano ficam mais suscetíveis a doenças, como diabetes e hipertensão, entre outras.

Saiba como doar leite materno no Distrito Federal

Toda mulher durante a amamentação pode ser uma doadora. Basta ligar para o número 160 e, na opção 4, fazer o cadastro. Outra forma é pelo site Amamenta Brasília ou pelo aplicativo disponível na App Store e na Play Store. Após o cadastro, a pessoa recebe orientações de como coletar e armazenar o leite.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) vai à residência da doadora para recolher os vidros com o leite materno. Os militares fazem a coleta em todos os pontos do DF. Outra forma de auxiliar é doando os potes de vidro em que o leite será armazenado.

O interessado deve levar os recipientes ao banco de leite ou a postos de coleta localizados em Brazlândia, Ceilândia, Gama, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga. O site do programa Amamenta Brasília tem mais informações sobre o assunto. 

Fonte: CB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top