Home ÁGUAS CLARAS Chuva interdita vias de acesso a Águas Claras e Taguatinga

Chuva interdita vias de acesso a Águas Claras e Taguatinga

1595
0
Compartilhar
Chuva desta segunda-feira (24) interditou parte da pista, no Park Way, no Distrito Federal — Foto: Reprodução TV

Há risco de queda de árvore, outros alagamentos e descargas elétricas, segundo o Inmet, que emitiu alerta vermelho

A forte chuva que cai no Distrito Federal nesta segunda-feira de Carnaval (24/02/2020) provocou grandes alagamentos e complica o trânsito em vários pontos da capital. Segundo o Departamento de Estradas e Rodagens (DER), o córrego que passa por baixo da Estrada Park Vicente Pires (EPVP), sentido Águas Claras, transbordou e invadiu a pista. Vários carros tiveram de encostar e alguns chegaram a subir no canteiro central para fugir da enxurrada.

Foto: DER / Divulgação

A pista que passa por baixo do Viaduto Israel Pinheiro, tanto no sentido Águas Claras quanto no sentido Vicente Pires, teve de ser interditada. Há veículos parados no local. Outro ponto com alagamento registrado pelo DER é o viaduto de acesso ao centro de Taguatinga. No local, vários veículos também foram obrigados a parar devido ao excesso de água na via.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) atende a diversas ocorrências provocadas pelo temporal. Uma delas é referente a outro rio que transbordou, na Chácara 69 Condomínio Vilar das Pedras em Vicente Pires. Até a última atualização desta reportagem não havia informação quanto a feridos.

O Instituto de Meteorologia (Inmet) publicou um alerta de risco de corte de energia, queda de galhos de árvores, alagamentos e descartas elétricas devido ao temporal que assola o DF nesta segunda. A previsão é de que os ventos cheguem a 100km/h, o que preocupa as autoridades.

O órgão orienta que, em caso de rajada de vento, os pedestres não busquem abrigo debaixo de árvores e que os motoristas não estacionem os veículos em locais próximos à torres de transmissão e placas de propaganda, por exemplo.

Foto: DER / Divulgação

Quem está em casa, o conselho é tirar os aparelhos eletrônicos da tomada e, se possível, desligar o quadro geral de energia em caso de tempestade muito forte, com raios e trovões.

Em caso de emergência, tanto Defesa Civil (telefone 199) quanto o Corpo de Bombeiros (telefone 193) devem ser acionado

Fonte: Metrópoles

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dez + dezesseis =