Após dia mais frio da história, DF registra mínima de 3,2ºC nesta sexta-feira

frio.jpg

Massa de ar frio que veio do Sul trouxe névoa e baixou a temperatura na capital federal. O Congresso Nacional ficou encoberto — Foto: Agência Brasil

Baixa temperatura é resultado de uma massa polar que se iniciou no Sul do Brasil. Na quinta-feira (19), termômetros marcaram 1,4ºC; recorde anterior era de 1975

http://www.instagram.com/gov_df

Após o dia mais frio da história no Distrito Federal, a temperatura mínima registrada na capital nesta sexta-feira (20) foi de 3,2ºC, na estação meteorológica do Gama. O índice foi atingido na madrugada e é resultado de uma massa de ar frio que se iniciou no Sul do Brasil e avançou pelo Sudeste e Centro-Oeste.

Na quinta-feira (19), a capital bateu recorde, com mínima de 1,4ºC no Gama . Antes, a temperatura mais baixa tinha sido registrada em de julho de 1975, quando o Plano Piloto marcou 1,6ºC. A série histórica na capital teve início em 1961.

Nesta sexta, em Planaltina, os termômetros marcaram a mesma temperatura registrada no Gama. Já no Plano Piloto, a mínima foi de 5ºC. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Paranoá e em Brazlândia, o índice ficou em 6ºC e 9ºC, respectivamente.

O Inmet não informa a temperatura média para todo o DF. Os registros são divulgados de acordo com cada estação meteorológica, em diferentes regiões administrativas.

Segundo o instituto, para o fim de semana, a onda de frio perde força e as temperaturas começam a subir gradativamente. No sábado (21), no entanto, o dia pode amanhecer com mínimas em torno dos 5ºC.

Já entre domingo (22) e segunda-feira (23), os termômetros devem registrar temperaturas próximas aos 10ºC nas primeiras horas da manhã, com máximas de 25ºC.

Abrigo

GDF abre albergue para pessoas em situação de rua se abrigarem do frio — Foto: Reprodução TV

Na noite desta quinta-feira, começou a funcionar um albergue para pessoas em situação de rua se abrigarem do frio. O local funciona no ginásio do CIEF, na 907 Sul, e é administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Social.

O albergue fica aberto apenas para pernoite, das 21h às 8h, e tem capacidade para receber 100 pessoas. No local, há distribuição de lanche, cobertores e é possível tomar banho. Com pouca divulgação, nesta quinta-feira, apenas 14 pessoas se abrigaram no albergue.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top