Home ÁGUAS CLARAS Águas Claras tem o maior aumento de infectados por Covid no último...

Águas Claras tem o maior aumento de infectados por Covid no último mês

503
0
Compartilhar
Foto: Reprodução

Entre os 5 primeiros colocados, proporcionalmente, bairro lidera o ranking na comparação por 100 mil habitantes. Plano Piloto é o segundo

Águas Claras é a região administrativa do Distrito Federal com maior número de infectados pela Covid-19 na proporção por 100 mil habitantes. A cidade dispara quando são comparados os registros da doença desde março de 2020. Embora seja a quinta colocada no ranking total de infectados em números absolutos, Águas Claras teve a maior evolução até 28 de março de 2021, com 15.277 casos no cálculo a cada 100 mil.

De acordo com o último boletim da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) sobre o tema, Águas Claras fica na frente do Plano Piloto, que tem 14.982 casos confirmados por 100 mil habitantes.

“Entre as cinco RAs com maior número de casos confirmados de coronavírus, a que tem a evolução mais expressiva é Águas Claras, 5ª RA com maior número de casos confirmado”, diz boletim da companhia. No sábado (3/4), idosos formaram uma longa fila durante a madrugada e a manhã, aguardando vacinação contra a Covid-19 no posto da Faculdade Unieuro, na cidade.

Em números absolutos, Ceilândia, a maior região administrativa do DF, vem em primeiro lugar, com 35.261 contaminados desde o início da pandemia; o Plano Piloto aparece em segundo, com 35.522 casos; seguido por Taguatinga, com 27.335; Samambaia (19.700) e Águas Claras (17.927). Com relação à população, Sobradinho fica em primeiro lugar; Lago Sul, em segundo; e Águas Claras, em terceiro. Águas claras tem hoje 115 mil habitantes.

O presidente da Associação de Moradores de Águas Claras, Román Cuattrin, associa a situação a dois fatores principais: desrespeito às regras sanitárias e o fato de a RA ser vertical.

Foto: Rodolfo Gondim ( Esp. RI )

“Tenho visto muita gente em praças, em quadras, não mantendo distância mínima. Não são seguidas normas sanitárias. Além disso, Águas Claras é predominantemente vertical. As pessoas moram em condomínios, prédios de 20 andares, acabam tendo contato em elevadores, no condomínio”, analisa.

Para ele, o dado é preocupante e liga o sinal de alerta. “A gente fica exposto a esses números cada vez mais preocupantes. Encaro os dados como falta de cuidado dos envolvidos”, afirmou.

Mortes

Até 28 de março, as regiões que registraram mais óbitos foram Ceilândia (667), Taguatinga (449) e Samambaia (299).

Nos primeiros 28 dias de março, foram notificados 43.472 casos no Distrito Federal, o que representou uma alta de 121,98% em relação aos primeiros 28 dias de fevereiro (19.584 casos) e de 89,83% em relação ao mesmo período de janeiro (22.900 casos).

Com relação aos óbitos, os primeiros 28 dias de março contabilizaram 919 mortes relacionadas à Covid-19, o que representa uma alta de 223,59% em relação aos primeiros 28 dias de fevereiro (284 óbitos), e de 253,46% em relação ao mesmo período de janeiro (260 mortes).

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + dezesseis =