8,7ºC: DF registra menor temperatura do ano nesta quarta-feira

1025252-14062016-a82t1187.jpg

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Sensação térmica na capital chegou a 0ºC, segundo Inmet, após frente fria vinda do sul. Previsão é que, nos próximos dois dias, tempo gelado se intensifique

http://www.instagram.com/gov_df

O morador do Distrito Federal amanheceu sob tempo gelado nesta quarta-feira (18). Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os termômetros chegaram a marcar 8,7ºC, no Gama, durante a manhã. Foi a menor temperatura do ano na capital. Já no Plano Piloto, foram registrados 8,9ºC.

Segundo o Inmet, a sensação térmica, que é causada principalmente pelas rajadas de vento, foi de aproximadamente 0ºC no início da manhã. O tempo gelado é resultado de uma massa de ar frio que vem da Antártida e de um ciclone extratropical que passa pelo sul do continente.

O meteorologista do Inmet Cléber Souza afirma que o frio se intensifica principalmente de madrugada e no início da manhã. Ou seja, nesta quarta, o pior já passou. A máxima prevista para o dia é de 20ºC. No entanto, até o fim da semana o clima deve ficar mais gelado.

‘Se sentiu frio nesta madrugada, prepare-se’

Cléber diz que essa massa polar fria e seca, que proporciona o frio e a falta de chuvas, deve permanecer no DF pelo menos até sexta-feira, com as temperaturas subindo gradativamente a partir do fim de semana.

Mas antes de dar trégua, o frio deve se acentuar. A previsão da temperatura mínima é de 5ºC na quinta, (19) e 6ºC na sexta-feira (20). “Se sentiu frio nesta madrugada, prepare-se para a próxima”, alerta o meteorologista.

Oficialmente, o inverno começa no dia 21 de junho no Brasil, mas a massa polar causou uma mudança nas ruas da capital. Com o frio recorde, os brasilienses saíram de casa com casacos, gorros, toucas, cachecóis e luvas.

Cuidados neste frio

A Defesa Civil do DF também emitiu um alerta de declínio de temperatura. Por isso, o órgão soltou uma nota orientando sobre cuidados que a população deve ter durante o frio intenso. Veja abaixo:

  • Tenha especial atenção com crianças, idosos e pessoas doentes;
  • Mantenha-se agasalhado. Proteja também as extremidades do corpo, use toucas e luvas;
  • Beba bastante líquidos;
  • Evite manter os ambientes muito fechados. Mantenha sua casa e local de trabalho limpos e arejados. Previna-se contra doenças respiratórias.
  • Procure agasalhar seu animal de estimação. Considere o uso de roupas de proteção. Abrigue o em relação ao vento. Forre adequadamente o local de dormir;
  • Seja solidário. Doe agasalhos e cobertores para quem precisa. Carregue, se possível, esse material no carro. Encontrando alguém em situação de vulnerabilidade, faça a sua parte;
  • Se precisar permanecer ao ar livre, proteja-se do vento;
  • Em caso de necessidade, acione os serviços de emergência.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top